WhatsApp bane contas que disparam spam!!

WhatsApp bane contas que disparam spam!!

Centenas de contas foram desabilitadas na plataforma do Whatsapp que é controlado pelo Facebook que confirma a atitude amparada pela lei eleitoral.

DA REDAÇÃO – O WhatsApp, empresa controlada pelo Facebook, informou nessa sexta-feira (19) que está tomando algumas atitudes para tentar barrar a disseminação de informação falsas e contra a propaganda eleitoral em massa.

Segundo um comunicado da empresa, a medida é amparada na lei e vai impedir que empresas enviem “spams”. As contas associadas à essas empresas já foram banidas.

Ainda de acordo com o Whatsapp, foram excluídas centenas de milhares de contas durante o período das eleições brasileiras. “Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação”.

A “Folha de S. Paulo” publicou uma reportagem afirmando que empresas compraram pacotes de distribuição de mensagens em massa em prol da campanha de Jair Bolsonaro. Isso, de acordo com a lei eleitoral, seria crime. Ainda de acordo com a reportagem, os contratos das empresas seriam de até 12 milhões de reais e foram feitos por empresários junto a empresas que prestam o serviço de “disparo de mensagens em massa”.

Bolsonaro negou em vídeo a informação da Folha de S. Paulo. Já o candidato do PT, Fernando Haddad, acusou o seu adversário de ter criado uma organização criminosa para disseminar o que se popularizou por “fake news”. Ainda segundo o candidato, seu opositor estaria pedindo em jantares para que empresários tomassem essa atitude de apoio à ele.

“Vamos levar ao conhecimento da Justiça todos os indícios, alguns que estão nos chegando agora de reuniões em que ele (Bolsonaro), de viva voz, pediu o apoio via WhatsApp”, disse o Haddad.

Flávio Bolsonaro, que é filho do candidato Jair Bolsonaro, candidato do PSL, reclamou que foi um dos atingidos pela atitude do Facebook e que teve a conta excluída. Logo depois de reclamar, disse que teve a o perfil reativado.

O candidato usou o perfil dele no Twitter para reclamar da atitude da empresa. “A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma”, escreveu.

A empresa fez questão de confirmar que o perfil do candidato ao senado eleito, Flávio Bolsonaro, foi banida por “comportamento de spam”, isso aconteceu há alguns dias e não tem ligação com denúncias que foram feitas na quinta-feira (18).

O “Dilmazap” também foi cancelada. O perfil foi criado antes do primeiro turno das eleições pela campanha da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) ao Senado de Minas. Ela não foi eleita.

 

Paulo Sergio
ADMINISTRATOR
PROFILE

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

Todos os Direitos Reservados ao GUIA BRASIL AMÉRICA ®.