Tempestade tropical Kirk se forma no Atlântico

Tempestade tropical Kirk se forma no Atlântico
A imagem mostra o caminho de Kirk que deve demorar até apresentar qualquer ameaça para as ilhas e também para os Estados Unidos.NBC 15

Kirk e uma outra área de instabilidade são as novidades da temporada de furacões 2018 que só termina em novembro.

ORLANDO – Uma nova área de instabilidade se forma e já ganha nome no Oceano Atlântico. Trata-se da Tempestade tropical Kirk que continua a se mover no oceano a caminho das Américas. Por enquanto, ele não significa nenhuma ameaça para os países daqui segundo os boletins divulgados nesse domingo.

O Centro Nacional de Monitoração de Furacões (NHC) informa que Kirk está a 465 milhas à sudoeste das ilhas de Cabo Verde, se movendo sentido oeste com velocidade de 18 milhas por hora e sustentando ventos de 40 mph.

Ainda não existem nenhum tipo de aviso em efeito.

O NHC continua monitorando outras duas áreas de instabilidade no Oceano Atlântico. Uma está 200 milhas no sul-sudoeste do arquipélago de Bermuda e tem 40% de chance de se transformar em um ciclone.

O outro está localizado a mil milhas a norte-noroeste de Azores e tem 70% de chances de se formar.

A temporada de furacões no Atlântico termina em 30 de novembro.

A área de instabilidade “invest 98” já é uma depressão tropical e os modelos indicam que ela pode atingir as Carolinas, novamente. (NBC 15)

 

Paulo Sergio
ADMINISTRATOR
PROFILE

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

English EN French FR German DE Italian IT Portuguese PT Spanish ES