Rússia vai extraditar brasileiro detido na Copa suspeito de roubo

RUSSIA – O governo russo decidiu extraditar o brasileiro Rodrigo Denardi Vicentini que é acusado de roubar agencias dos Correios no Brasil. Ele foi preso durante uma partida da Copa do Mundo da Russia.

Na sexta-feira (22), depois de ver a vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Costa Rica, ele foi preso através de um mandado de prisão internacional. A polícia aguardou o final do jogo para detê-lo para não alarmar os outros torcedores na arquibancada.

Rodrigo teria roubado diversas agências dos Correios no ano passado mas nega todas as acusações. O tribunal do distrito de Petrogrado, em São Petersburgo, disse que ele pode ficar sob custódia por até dois meses como parte do pedido de extradição.

O mesmo tribunal emitiu um comunicado informando que, durante uma audiencia, ele teria explicado que não é culpado de nada, que a polícia o tem tratado bem, pediu para ser solto e que  “tudo o que aconteceu foi um erro”, descreve o comunicado.

Foi a Interpol junto com as polícias Russa e Brasileira que conseguiu destacá-lo na multidão.

Segundo ainda o tribunal de Petrogrado, o suspeito, que possui cidadania brasileira e italiana, viveu e trabalhou no Reino Unido no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: