O dólar pode baixar ainda mais, depende do resultado da eleição no Brasil

“Para o dólar baixar ainda mais vai depender de quem vai ser responsável por refazer as conexões com outros países”

MIAMI – A eleição pode decidir a situação do câmbio no Brasil. No próximo final de semana acontece o primeiro turno da eleição para os cargos majoritários no país. E o resultado final, que pode ou não acontecer já no final de semana, vai ditar o preço do dólar ainda esse ano.

A análise é do CEO da Fair USA, Adilson Góes, no vídeo que mostra exatamente os principais cenários que podem se instalar no Brasil depois da Eleição para presidência da república.

“A pessoa só vai ter condições de comprar um dólar no nível de R$3,20, no meu entendimento, se você tiver um presidente da república que consiga equilibrar a crise política, que seja isento da situação que o país vem vivendo no que concerne a corrupção e que consiga fazer políticas internas no Brasil tanto pública como de reformas que são importantes porque a divida interna do país é muito grande… e se isso tudo for possível, vai acontecer a queda nos próximos anos”, analisa o especialista.

“Eu entendo que a pessoa deve se programar, se o projeto é para o próximo ano, que ele já compre já. Dependendo do presidente que sentar, o dólar pode subir. Então tudo pode ser especulação”, explica Góes.

 

Redação
ADMINISTRATOR
PROFILE

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

English EN French FR German DE Italian IT Portuguese PT Spanish ES