Gisele Bundchen é uma péssima brasileira, diz ministra da agricultura

Gisele Bundchen é uma péssima brasileira, diz ministra da agricultura

Ministra estaria irritada com o ativismo da modelo que tem criticado o governo Bolsonaro por conta das atitudes com a Amazônia.

DA REDAÇÃO – A nova ministra da agricultura do Brasil, Tereza Cristina Dias, disse em entrevista a uma rádio no Brasil que a modelo Gisele Bundchen é uma “péssima brasileira”.

A declaração repercutiu na imprensa internacional em jornais como o “The Guardian” que publicou a notícia na capa.

Ela disse que o ativismo ambiental da brasileira contaminou a imagem do país no exterior e, ao mesmo tempo, convidou a supermodelo a ser uma embaixadora para o setor agrícola.

“É absurdo o que eles fazem hoje com a imagem do Brasil”, disse Dias, que liderou a convenção de agricultores no congresso antes de ser nomeada para o ministério de meio ambiente pelo presidente Jair Bolsonaro. “Por algum motivo eles saem e pintam um retrato do Brasil e de suas indústrias que não é verdade”, disse.

“Desculpe, Gisele Bündchen”, acrescentou. “Você deveria ser uma embaixadora e dizer que seu país conserva, que seu país está na vanguarda global da conservação e não criticar o Brasil sem conhecer os fatos.”

Bündchen – que é embaixadora do meio ambiente da ONU – não respondeu imediatamente, mas parece improvável que aceitasse a oferta.

Vários dias após a eleição de Bolsonaro, Bündchen se pronunciou contra uma proposta de fusão dos ministérios da agricultura e do meio ambiente, descrevendo a medida como “potencialmente desastrosa e um caminho sem retorno”. Os ministérios permaneceram separados.

Em 2017, ela se pronunciou contra a proposta de legislação para abrir 600 mil hectares de floresta amazônica para desenvolvimento no Twitter, levando o ex-presidente Michel Temer a vetar o projeto. Mais tarde, ela acusou o governo de “leiloar a Amazônia” para o setor privado.

Gisele, de 38 anos, também trabalhou em iniciativas de água limpa e combate ao desmatamento e recebeu o prêmio Global Environmental Citizen da Harvard School of Medicine. Ela não respondeu imediatamente aos comentários de Dias.

Após sua entrevista na rádio, Dias escreveu no Twitter: “Eu disse que Gisele Bündchen poderia ser uma embaixadora do Brasil para mostrar que produzimos agricultura para o mundo enquanto preservamos o meio ambiente. A modelo logo receberá nosso convite. ”

Gisele poderia potencialmente desempenhar um papel fundamental na iminente batalha na Amazônia brasileira entre ativistas ambientais e defensores do agronegócio, que detêm um poder considerável no governo após o balanço decisivo do Brasil para a direita nas eleições de outubro.

O governo Bolsonaro recebeu duras críticas de defensores do meio ambiente por sua posição de que a Amazônia é excessivamente protegida e deve estar aberta ao desenvolvimento.

Bolsonaro disse que retiraria o Brasil dos acordos climáticos de Paris e, em seu primeiro dia no cargo, emitiu uma ordem executiva que colocou o regulamento e a criação de reservas indígenas nas mãos do Ministério da Agricultura.


Avatar
Redação
ADMINISTRATOR
PROFILE

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

English EN French FR German DE Italian IT Portuguese PT Spanish ES