Bohemian Rhapsody leva o Globo de Ouro de melhor filme

Bohemian Rhapsody leva o Globo de Ouro de melhor filme

Green Book foi o outro grande vencedor da noite que teve poucos momentos políticos e muita emoção.

LOS ANGELES – Uma noite de muitas surpresas. Quem imaginava que seria a coroação e o nascimento de uma nova estrela, acabou se deparando com a emoção de veteranos recebendo prêmios por belíssimos trabalhos na festa de premiação do 76º Globo de Ouro, no Hilton Beverly Hills, em Los Angeles.

“Bohemian Rhapsody” ganhou dois dos mais importantes prêmios: melhor filme e melhor ator para o intérprete de Fred Mercury, Rami Malek. Nicole Kidman entregou o prêmio para a equipe do filme que levou ao palco os veteranos do Queen, Brian May e Roger Taylor.

“Obrigado, Queen. Obrigado a você, Brian May e a você, Roger Taylor, por garantirem que autenticidade e inclusão existissem na música. Obrigado, Freddie Mercury, por me dar a alegria de uma vida inteira. Eu amo você”, disse o ator ao receber o penúltimo prêmio da noite.

O filme, que se tornou a mais bem sucedida cinebiografia de uma banda, já arrecadou US$ 173 milhões nas bilheterias pelo mundo.

“Nasce Uma Estrela”, do diretor Bradley Cooper, considerado o grande favorito da noite, ficou apenas com o troféu de canção original para “Shallow”, interpretada por Lady Gaga, que perdeu o prêmio de melhor atriz para a veterana Glenn Close.

Lady Gaga recebe o prêmio de melhor música original por “Shallow”, de “Nasce Uma Estrela”. (Reprodução Internet)

Alfonso Cuarón levou dois prêmios como diretor e também filme estrangeiro por “Roma”, uma produção em preto e branco, falada em espanhol, sem estrelas no elenco e totalmente produzida pela Netflix que está em uma batalha com os cinemas para poder incluir suas produções nas premiações como o Globo de Ouro e Oscar.

“Green Book” foi o outro grande premiado da noite. O filme que trata do relacionamento entre um pianista negro (Mahershala Ali) e seu motorista italo-americano (Viggo Mortensen), abocanhou três categorias: melhor roteiro, melhor ator coadjuvante, para Ali, e melhor filme de comédia ou musical.

Christian Bale venceu na categoria de melhor ator de comédia ou musical por “Vice”. Ele agradeceu a “Satan” pela “inspiração” e recebeu criticas por conta disso, além de um elogio de uma igreja satanista americana.

Na TV o grande vencedor foi “American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace”. Assim como no Emmy Awards, a produção ganhou nas categorias de melhor minissérie ou filme para TV e de melhor ator para Darren Cris.

Numa noite em que não se falou sobre política, em que o nome do presidente Trump não foi citado diretamente, Darren Cris aproveitou para falar de sua origem, filhos de pais imigrantes, ele agradeceu pela possibilidade dada pela industria do cinema e tv.

Avatar
Paulo Sergio
ADMINISTRATOR
PROFILE

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

EnglishPortugueseSpanish