Amazon aumenta o salário mínimo para US$15 a hora

Amazon aumenta o salário mínimo para US$15 a hora

Empresário Jeff Bezos anunciou o aumento e agora vai buscar uma mudança no congresso para todo o país.

DA REDAÇÃO – A Amazon virou notícia essa semana por conta de uma decisão da alta cúpula da empresa. Num anúncio feito aos funcionários em uma assembleia aberta dentro de um dos centros de distribuição, Jay Carney, VP sênior de assuntos corporativos globais da Amazon, fixou o mínimo dos funcionários em US$15 a hora.

A mudança passa a valer a partir de 1 de novembro desse ano e é uma grande vitória para os funcionários que recebem US$ 11 por hora trabalhada.

Segundo um comunicado da empresa o aumento é valido para todos os seus 250 mil funcionários nos Estados Unidos e mais de 100 mil funcionários temporários que são contratados para as festas de final de ano.

“Escutamos as nossas críticas, pensamos bem sobre o que queríamos fazer, e decidimos que queremos liderar. Estamos animados com essa mudança e encorajamos os nossos concorrentes e outras grandes empresas a se juntarem a nós”, afirmou em nota o fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezos, considerada a pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes, com uma fortuna estimada em 163 bilhões de dólares.

Tudo na realidade foi muito bem pensado. Apesar das críticas diretas terem partido do senador Bernie Sanders – que à noite parabenizou Bezos pela iniciativa – a empresa pretende levar o assunto ao congresso para tentar elevar o salário mínimo federal que é de US$7,25 a hora.

 “Hoje quero dar o crédito onde é merecido. E quero parabenizar o Sr. Bezos por fazer exatamente a coisa certa. Hoje ele aumentou o salário mínimo na Amazon e na Whole Foods a partir do próximo mês. Isso se aplica não apenas aos funcionários em tempo integral, mas aos trabalhadores meio período e temporários também”, disse o senador democrata Sanders.

“Pretendemos defender um aumento no salário mínimo que tenha um impacto profundo nas vidas de dezenas de milhões de pessoas e famílias ao redor do país”, explicou o VP sênior de assuntos corporativos globais na Amazon, Jay Carney.

A decisão foi tomada e aprovada, agora virão as consequências. Esse aumento de salário, segundo alguns analistas ouvidos por agencias internacionais de notícias como a Reuters e a AP, pode elevar o custo da empresa em torno de 1 bilhão de dólares anualmente.  Essa despesa seria compensada por um aumento recente de 20 dólares na assinatura anual do Prime.

Carousel

Deixe um comentário

Seu email não será compartilhado em nenhuma hipótese! Algumas areas serão necessárias preenchimento *

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimos

Autores

Videos

Todos os Direitos Reservados ao GUIA BRASIL AMÉRICA ®.